quinta-feira, 17 de julho de 2008

pERDER-ME


Gosto de manter o controle do que sinto. Se me vejo perder essas rédeas, desespero-me! Um mantra pairando no meu teto? Não sei...só sei que quando isso acontecer de novo, vou cair no sono e tomar uma dose de amnésia: odeio lembrar do que odeio.
















Esse pequeno texto foi feito espontaneamente enquanto eu comentava um outro texto do blog de uma amiga - Lívia Vasconcelos (link em mATA BORRÕES DO CÉU, neste blog). Gostei muito do que eu me disse, então, ctrl+c e ctrl+v aqui. Estou satisfeito.

Um comentário:

Anyelle disse...

Gosto muito de vêlo escrevendo sobre si.Ninguem nos conhece melhor que nos mesmos, refletir sobre o que acontece em sua vida eh tão saudavel quanto viver intensamente cada momento e entendo perfeitamente que as vezes seu pseudo-eu deixe transparecer seu verdadeiro EU neste blog.